DE ONDE SURGIU O DIA DO TRABALHO?

REFLEXÃO SEMANAL
30.04.2021

DE ONDE SURGIU A COMEMORAÇÃO DO DIA DO TRABALHO?

Desde o fim do século XIX, nos Estados Unidos da América, no Brasil e em vários outros países ocidentais, o dia 1º de maio é tido como o Dia do Trabalho ou o Dia do Trabalhador.

Nesse período da historia da humanidade, a principal forma de ação das organizações de trabalhadores com vistas à exigência de direitos era a greve. A greve geral tornou-se um instrumento de pressão frequentemente usado. Entretanto, às greves também se juntavam outras práticas, como a ação direta, que consistia em manifestações violentas. No dia 1.º de maio de 1886, houve manifestações e conflitos violentos, incitando uma greve geral na cidade de Chicago (USA). Essa greve paralisou os parques industriais A greve geral em Chicago, resultou em forte repressão policial. Tal repressão estimulou ainda mais manifestações que transcorreram nos dias seguintes.

No dia 04 de maio, ainda em Chicago, uma manifestação na Praça Haymarket, uma bomba explodiu matando e ferindo muitas pessoas, tanto policiais como manifestantes. Esse conjunto de eventos, desencadeados a partir de 1º de maio, tornou-se símbolo para as manifestações e lutas por direitos trabalhistas nas décadas seguintes em várias partes do mundo.

No Brasil, a menção ao dia 1º de maio começou já na década de 1890, quando a República já estava instituída e começava um processo acentuado do desenvolvimento da indústria brasileira. Nas duas primeiras décadas do século XX, começaram a formar-se os movimentos de trabalhadores organizados, sobretudo em São Paulo e no Rio de janeiro. Em 1917, a cidade de São Paulo protagonizou uma das maiores greves gerais já registradas. A força desse movimento, forçou o então presidente Arthur Bernardes a decretar o dia 1º de maio como Dia do Trabalho no Brasil. Dessa forma, desde esse ano, o 1º de maio passou a ser feriado nacional.

Cristina Nahum Psicóloga

Silvia Adolfo Assistente Social