Deficientes físicos: direitos e conquist

Reflexão Semanal - Deficientes físicos: direitos e conquistas

Infelizmente em pleno século XXI, muitas pessoas com necessidades especiais sofrem com preconceito e discriminações, tendo seus direitos violados. Até por desconhecimento, acabam por não reivindicar o que é garantido por lei e automaticamente deixam de participar de forma efetiva na sociedade. Sendo assim é levado em consideração desde os direitos fundamentais de liberdade até oportunidades iguais de trabalho e educação.

Os serviços de saúde pública devem oferecer a habilitação e a reabilitação para qualquer tipo de deficiência, inclusive, para melhorar a qualidade de vida da pessoa portadora de necessidades especiais, como direito a acesso a próteses, órteses, meios auxiliares de locomoção e os medicamentos que sejam necessários.

É fundamental o portador de deficiência ter direito a educação de qualidade, por isso eles devem ter direito às adaptações necessárias para garantir um aprendizado em condições de igualdade, promovendo a sua autonomia, tendo direito por lei, ao ensino do sistema braille, libras e o uso de tecnologia adequada para que o estudante possa ampliar suas habilidades funcionais e participar com igualdade.
E o que muitos não sabem é que o deficiente também tem direito à educação superior, profissional e tecnológica, com as mesmas oportunidades que os demais e lembrando que as instituições privadas de ensino não podem cobrar valores adicionais na matrícula ou mensalidade.
Pessoas com necessidades especiais devem ter a mesma remuneração que as demais, quando o trabalho for de igual valor, não pode haver qualquer tipo de discriminação, inclusive nas etapas de recrutamento, seleção, contratação e ascensão profissional.

Fonte: https://www.jornalcontabil.com.br/pessoa-com-deficiencia-quais-sao-os-seus-direitos/

Cristina Nahum - Psicóloga
Silvia Adolfo - Assistente Social