Qual o sentido da vida?

Reflexão Semanal - Qual o sentido da vida?

Viver é aventurar-se, é transformar ações, é necessário ter metas a serem idealizadas, é fazer escolhas de onde ir e como ir. Essas escolhas colocam o ser humano num diferencial dos outros animais, pois o homem pode e faz escolhas das m ais simples, as mais complexas, como a escolha de sua profissão , com quem ira se casar, em qual lugar irá morar, enfim é ele dono do seu destino.

Algumas pessoas conduzem suas vidas buscando prazer e felicidade no imediatismo, o que tornam essas vivências superficiais, e sem sentir emoções genuínas em suas experiências cotidianas.

Algumas pessoas se questionam se dão sentindo a sua vida, ou se podem encontrar um sentido para a vida. Encontrar soluções para entender o sentido da vida, pode ampliar a noção de como se deve agir, te impulsionar para uma nova perspectiva do que &ea cute; felicidade.

Encontrar o sentido da vida ocorre de maneiras muito diferentes entre as pessoas, como a perda de um ente querido, a demissão de um emprego, o nascimento de um filho, a conquista de uma graduação, são fatores que podem motivar a mudança de pensamento e sentimentos na vida do ser humano.

Encontrar um caminho para dar sentido ao que esta sua volta é o mais importante para você avaliar sua vida. Por que não parar um pouco de observar sua vida e considerar sua história? O passado esta sempre no nosso presente.

Em vez de se perguntar se esta tendo uma vida feliz, identifique os momentos em que se sentiu vivo. Eles podem parecer desconectados, mas continue e busque identificar o que trouxe essa noção de estar vivo nesses momentos, pergunte a si mesmo se já existe um fio condutor de sentido para sua vida?
Se você descobrir um sinal palpável de sentido, talvez a busca tenha acabado. Assim, agora, só precisa viver e manter esse fio condutor em tudo o que fizer, onde estiver.

Cristina Nahum Psicologa
Silvia Adolfo Assistente Social