Setembro Amarelo salva vidas!

O Setembro Amarelo é uma importante ação social com o objetivo de conscientizar a sociedade e fornecer informações cruciais para prevenir novos casos de suicídio. Esta iniciativa envolve a realização de ações educacionais e o estímulo ao diálogo constante sobre o tema.

Antonio Geraldo da Silva, presidente da ABO – Associação Brasileira de Psiquiatria, em parceria com o Conselho Federal de Medicina – CFM, promoveu a campanha Internacional Amarelo no calendário nacional em 2013, conquistando novos parceiros no Brasil para a causa.

Infelizmente, o suicídio é uma realidade triste que afeta pessoas em todo o mundo, causando grandes prejuízos para a sociedade. Estudos realizados em 2019 indicam cerca de 700 mil suicídios em todo o mundo, sem levar em conta os casos não notificados ou não consumados. No Brasil, há uma média de 14 mil casos por ano, ou seja, 38 pessoas tiraram suas próprias vidas todos os dias.

Embora haja uma tendência de queda global, a taxa de suicídio ainda está aumentando em alguns países americanos. Segundo a OMS – Organização Mundial da Saúde, muitos desses casos não são divulgados ou não são tratados especificamente.

O dia 10 de setembro é oficialmente o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, com o tema deste ano sendo “Se precisar, peça ajuda”. Isso promove uma série de ações e auxilia pessoas em situações vulneráveis.

Campanhas de conscientização estão sendo realizadas para quebrar o tabu em torno do assunto, incentivando o diálogo aberto em diferentes ambientes sociais, como família, escola, empresas, imprensa e poder público. Isso inclui atividades conjuntas, o desenvolvimento de pontos de apoio e a promoção de uma cultura mais humanizada em relação ao suicídio.

Neste ano, o CVV (Centro de Valorização da Vida) atualizou o tema “Acolher é cuidar” para enfatizar a importância de acolher com sensibilidade e compreensão todas as pessoas que precisam de ajuda. Junte-se a nós nesta importante causa! 💛🌻

Silvia Adolfo

Assistente Social

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *